CLUBES CARIOCAS SÃO FROUXOS.

REPETIR ATÉ CANSAR: Todo mundo, principalmente os árbitros sabem que o Maracanâ é o estádio mais neutro do Brasil e que possui, no GEP, o melhor e mais eficiente policiamento para os juízes. Então eles apitam de forma tranquila e, na maioria das vezes, prejudicam os clubes cariocas, todos eles. Os juízes apitam de uma forma no Maracanã e fora dele, nos outros estados e campos pequenos, atuam de forma caseira, pressionados e tendenciosos. Querem uma saída tranquila do estádio. Vejam como é no Independência, Arenas de São Paulo, Recife, Bahia, Santa Catarina, Paraná, etc. Hoje, o Fluminense precisando desesperadamente de uma vitória foi ROUBADO pela arbitragem. O “gol” do Avaí que o juiz deu e depois anulou foi uma falta clamorosa do zagueiro Alemão do Avaí no goleiro Diego Cavaliere do Fluminense, além de estar impedido. Por outro lado, chegando em casa vi que o Henrique Dourado sofreu um penalti claro e o juiz não marcou. Se fosse contra o Fluminense em Florianópolis teria marcado. Depois teve o gol do garoto Matheus Alessandro, de cabeça, anulado por suposto empurrão no zagueiro Alemão. Não houve falta. PIOR: NENHUM JOGADOR DO FLUMINENSE CERCOU O JUIZ E PRESSIONOU. E SE AOS 45 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO, O AVAÍ FAZ UM GOL E EMPATA O JOGO. OLHA O ESTRAGO NA TABELA. O que quero dizer é que os cariocas , por culpa de sua Federação e dos clube, são sistematicamente prejudicados pelas arbitragens e pela mídia pró São Paulo. Ganhou? Tudo bem, mas vai na CBF e reclama, chia, esperneia contra as más arbitragens. Já somos, de forma injusta, considerados os reis do tapetão. Então eles já vêm contra a gente de forma tendenciosa.

Notícias

Próxima rodada